terça-feira, 8 de maio de 2012

PEQUENO DICIONÁRIO ILUSTRADO DA NOVILÍNGUA LULLISTA (Edição revista e ampliada ─ 133 verbetes)



"Por Osvaldo Aires adaptado de Augusto Nunes - Revista Veja"




Criptocomunismo: 1. criptocomunista (cripto- + comunista) adj. s. m. 2. que ou 
quem é partidário oculto de ideias comunistas. 2. princípio ou conduta de quem 
não manifesta claramente sua ideologia comunista ou de quem apoia apenas 
secretamente os seus postulados.

1984 de George Orwell - (1956)








Publicado em 06/04/2013
"1984" não é apenas mais um livro sobre política, mas uma metáfora do mundo que estamos inexoravelmente construindo. Invasão de privacidade, avanços tecnológicos que propiciam o controle total dos indivíduos, destruição ou manipulação da memória histórica dos povos e guerras para assegurar a paz já fazem parte da realidade. Se essa realidade caminhar para o cenário antevisto em 1984 , o indivíduo não terá qualquer defesa. Aí reside a importância de se ler Orwell, porque seus escritos são capazes de alertar as gerações presentes e futuras do perigo que correm e de mobilizá-las pela humanização do mundo.


SISTEMA MANIPULATIVO MUNDIAL DA KGB - Yuri Bezmenov em Entrevista de 1984 - Legendas Portugues





Publicado em 12/04/2013
A SUBVERSÃO NOS PAÍSES-ALVO DA EXTINTA URSS




A
aeroporto. 1. Artigo de luxo da burguesia anterior a Era da Mediocridade. 2. Local para relaxar e gozar. 3. Privataria PeTista similar ao mensalão - existiu, mas não existiu. 4. Local de apagão. (Ver apagão e clique aqui na solução).

aliança governista. Maior ajuntamento de partidos de aluguel do planeta. 

aloprado. 1. "Cumpenhêro" pilhado em flagrante durante a execução de bandalheiras concebidas para favorecer candidatos do PT ao governo de São Paulo. 2. Vigarista engajado em alguma campanha eleitoral de Aloízio Mercadante ou que favoreça o partido.


aluno. 1. Antigo ser muito importante para a sociedade que tinha interesse em aprender. 2. Atual professor de mensalão e de direitos humanos.



amiga íntima. 1. eufemismo para amante. 2. teúda e Manteúda (seg. Jorge Amado). 3. título que confere à portadora um supercargo de influência nos governos do PT com direito a visitar 23 países por conta dos cofres públicos, mandar e desmandar no Banco do Brasil, nas Agências Reguladoras e intermediar contratos com o Governo em troca de regalos e “pequenos mimos”, como cruzeiros marítimos. Garantindo também bons empregos para a prole, para ex-maridos, atual marido, e amigos íntimos. (Ex.: Rosemary Noronha é amiga íntima de Lula há mais de dez anos.)
analfabetismo. 1. Deficiência que foi promovida a virtude no começo do século para apressar a chegada de um enviado da Divina Providência ao Palácio do Planalto. 2. Qualidade depreciada por reacionários preconceituosos, integrantes das "Zélites" golpista e louros de olhos azuis. 3. Marca de nascença da Primeira Mãe que nasceu analfabeta - segundo o Cheffe. 

analfabetos. 1. Na antiguidade ladrão que não poderia nos roubar e tinha que ter todos os dedos. Veja vídeo:
.


.

anistiado político. "Cumpenhêro" que só divergiu do regime militar para fumar maconha e investir na carreira de perseguido e assim garantir uma velhice confortável como pensionista do Bolsa Ditadura.
apagão. Blecaute só ocorrido em lugares governados por adversários do PT. “Toda vez que o assunto é o mensalão, com seus inevitáveis desdobramentos jurídicos e políticos, a razão republicana e os fundamentos democráticos do ex-presidente sofrem um apagão” (Sandro Vaia). (Ver tbm aeroporto e blecaute). O apagão faz parte de determinados sistemas comunistas. Na Coreia do Norte, Venezuela etc., não tem luz durante a noite, e visto pelos satélites são os lugares mais escuro do planeta.
.


.



asilo político. 1.Instrumento jurídico que beneficia todo covarde terrorista que condenado em outros países por crimes comuns ou atos de terrorismo têm empregão no Brasil (aqui). 2 . Possível recurso dos mensaleiros.

assunto particular. 1 amantes pagas com dinheiro público.2. empregadas da ante sala da Presidência da República para satisfazer instinto sexuais do Grande Líder quando o menino do MEP e a Ruiva estiverem distantes. 3. amiga intima (pop).Ver (Rose)
B
base aliada. 1. Base alugada. 2. Bando formado por parlamentares de diferentes partidos que arrendam a fidelidade ao governo, por prazo determinado,  em troca de ministérios com porteira fechada (cofres incluídos), verbas no Orçamento da União, nomeações para cargos público, dinheiro vivo e favores em geral. 3. Quadrilha composta por deputados, senadores e rebanho seguidor.
.
IRMÃOS GÊMEOS SEPARADOS AO NASCER NO NORDESTE
.
Brasil Maravilha. Termo indicativo que Erenice Guerra é uma dama de reputação ilibada, Antonio Palocci prosperou honestamente, Dilma Rousseff é uma pensadora, Lulla é o gênio da raça e professor de Deus e o partido segue honrando a frase que o mensaleiro chefe Dirceu declamava fantasiado de vestal: “O PT não róba nem deixa robá”. O  mensalão, claro, é uma farsa montada pela imprensa golpista, que o Lulla não depende, e que portanto essa é i-n-d-e-p-e-n-t-e. E os que ousam defender o Código Penal não sabem com quem estão falando.

blecaute. Apagão ocorrido em lugares governados pelo PT. (Ver apagão)

blogueiro independente. O que é? R: Veja o vídeo a seguir. (Ver tbm esgotosfera e PIG).
.
                                         Blogueiro Ricardo Gama sofre atentado a tiros 
                                         em Copacabana no Bairro Peixoto
.
blogueiro progressista. 1. Jornalista que jamais conseguiu emprego ou fracassou nos principais órgãos de comunicação e hoje "sobrevive" na internet alugado ao governo. 2. Gente que vive de escrever, mas seria reprovada na prova de português do ENEM mesmo que soubesse antecipadamente as questões escolhidas pelos "cumpenhêro" organizadores. 3. Ex-jornalistas incompetentes, ainda em atividade, que enriquecem com campanhas difamatórias patrocinadas por corruptos. 4. entrevistado babaovo selecionado para ouvir Lulla e repercutir pela imprensa amestrada.
Bolívar (Simón). Herói das guerras de libertação da América do Sul que reencarnou no fim do século passado com o nome de Hugo Chávez Chopolin Colorado.
.



ESSE É O HERÓI
.
.
E, ESSE É O PRESIDENTE
.

GOSTARAM - FOI BOM PRA VOCÊS???
.

MEU PARECER DE CONSULTOR DE CAPITALISTA SELVAGEM DE "ARTU NIRVE" É QUE ESTÁ TUDO ÓTIMO!!!
.
bolivariano. Comunista que finge muito mal que não é comunista e beija o Chapolin pensando que é o Chávez.
Bolsa Família. Maior programa de compra oficial de votos do mundo.
BNDES. Banco que usa dinheiro dos pagadores de impostos para financiar obras encomendadas pelo governo a empresas privadas dos "cumpenhêros" amigos, e que têm patrimônio suficiente, de todos os pagadores de impostos, para distribuir mesadas de bom tamanho. (Ver Comando Construtora vulgo Delta)
C
caixa 2. 1. antigo grave crime. 2. coleta de gangster bonzinhos.

camarada de armas.  "Cumpenhêro" diplomado em cursinho de guerrilha que só disparou tiros de festim; guerrilheiro que ainda não descobriu onde fica o gatilho do fuzil - só a chave do cofre que o Lulla perdeu o dedo na porta. (Ex.: Dilma Rousseff e José Dirceu são camaradas de armas, os "10.000' bolsa ditaduras do Araguaia são camaradas.)

cargo de confiança. 1. Empregão reservado a  "cumpenhêros"  do PT ou parceiros da base alugada, que nem precisam perder tempo com concurso para ganhar um tremendo salário sem trabalhar. 2. Boquinha (pop.). 3. Sinecura.
cartão corporativo. Objeto retangular de plástico que permite tungar o dinheiro dos pagadores de impostos sem dar satisfação a ninguém e sem risco de cadeia.
Casa Civil. 1. Conjunto de salas no 4° andar do Palácio do Planalto que, entre 2003 e 2011, foi controlado por casos de polícia que entram sem bater no gabinete presidencial. 2. Esconderijo; tugúrio; catacumba. 3. Sede de quadrilhas formadas por amigos ou parentes do ministro-chefe. 4. Antigo nome da atual Casa Covil, rebatizada em homenagem aos ex-inquilinos José Dirceu, Dilma Russeff, Erenice Guerra e Antonio Palocci.
.
E DAÍ???!!!
.

Chavismo. 1. sistema religioso que tem como único objetivo fazer o bem através da perpetuação do líder do “povo” no poder. 2. sistema político que cassa e mata opositores, fecha canais de TV e faz com que tenha democracia “até demais”. 3. Bloco de carnaval que há anos traz para a avenida o enredo “A reencarnação debiloide de Sinón Bolívar”. 4. sonho de consumo do petismo.
Comissão da (In)Verdade. 1. Grupo de "cumpenhêros" escalados para "descobrir" qualquer coisa que ajude a afastar a suspeita, disseminada por Millôr Fernandes, de que a turma de uma suposta luta armada não fez uma opção política, mas um investimento. 2. Entidade concebida para apurar, na sacanagem, crimes cometidos pelos outros e dos outros.
companheiro, ente mais conhecido como "cumpenhêro". Qualquer ser vivo ou morto que ajude Lulla a ganhar eleições e a quadrilha a ficar cada vez mais rica.

companheiro julgador. Ex-Advogado do PT que mesmo sem a menor condição de ocupar o cargo de Ministro do Supremo Tribunal Federal, o companheiro ex-Presidente indicou para integrar aquela Corte e os companheiros do Senado Federal e Senador da base alugada (Ver base aliada) endossaram a indicação.



Comando Construtora Delta. 1. Organização criminosa de construção de um mundo melhor à "cumpenhêros". 2. Tropa de assalto altamente treinada e especializada em roubos de cofres públicos. 
concessão. Entrega ao controle da "iniciativa privada amiga", empresas, atividades ou setores administrados até então por governos do PT. (Ver privatização).

congresso nacional. 1. local aonde se reuniam 300 picaretas, ladrões, marginais, corruptos, vagabundos, bandidos, falastrões, quadrilheiros, assassinos, covardes. 2. amigos políticos de infância. 3. atual 500 camaradas de armas de assalto.
conselho de ética. Grupo formado por pessoas que não acham antiético roubar o cofrinho de moedas da filha, tungar a aposentadoria da avó ou vender a mãe por qualquer preço e não entregar (o "cumpenhêro" corrupto processado e condenado João Paulo Cunha já foi presidente desse conselho).
consultor. 1. "Cumpenhêros" traficantes de influência e outra coisas. (Ex: Antonio Palocci é consultor). 2. Companheiro que facilita negócios escusos envolvendo o governo e capitalistas selvagens. (Ex: José Dirceu é consultor). 3. "Cumpenhêro" que, enquanto espera um cargo no governo federal, recebe mesadas e indenizações de empresas que favoreceu no emprego antigo ou vai favorecer no emprego novo. (Ex: Fernando Pimentel é consultor)
contrato sem licitação. Assalto sistemático aos cofres públicos sem risco de cadeia.

controle social da mídia. Censura rasa exercida por videntes treinados pelo PT para adivinhar o que o povo quer ver, ler, ouvir ou precisa saber. (Ver democratização da mídia, e marco civil para internet).
convênio. Negociata feita em parceria por um ministério ou estatal e uma ONG de araque ou empresas controladas pelo ministro ou por amigos e parentes do ministro.
Copa do Mundo. Negócio da China.
corrupção. 1. Forma de ladroagem praticada por adversários do governo. 2. Forma de coleta ou doações de dinheiro que, praticada por "cumpenhêros", deve ser tratada como um meio justificado pelos fins. 3. Hobby preferido dos parceiros da base alugada e assemelhados.4. Caso de polícia, que na era Lulla, é invenção do PIG.

Cotas. 1. Jeitinho de colocar todos os filhos dos beneficiários do Bolsa Família em alguma Universidade sem que isso tenha que ensinar para eles que escrever coisas como "nós pega peixe" é errado e assim conseguir a proeza de ter pessoas com nível superior e classe media votando no PT. 2. Política criada para realizar o milagre da multiplicação de universitários sem precisar tirar o Ensino Médio do buraco e nem fazer as provas do ENEM.



crime comum. 1. Assassinato de um prefeito do PT por motivos político-financeiros, associados a divergências entre integrantes de um esquema de arrecadação de dinheiro sujo. (Ex.: A morte de Celso Daniel foi um crime comum). 2. O escritor curitibano Yves Hublet, belga de nascimento, autor de bengaladas em José Dirceu morto misteriosamente em Brasília (também foi um crime comum). 3. O Toninho do PT foi crime comum.

cidadão (não) comum ou incomum. Antes da Era da Mediocridade e do Brasil Maravilha chamava-se bandido comum (Ex: Sarney sempre foi um cidadão bandido bastante comum durante mais de 50 anos).

Cuba. 1. Ditadura que só obriga o povo a ser feliz de qualquer jeito. 2. Forma de democracia que prende apenas quem discorda do governo. 3. Melhor parte da Terra cercada de miséria por todos os lados. 4. Quem têm Cu*ba têm medo.

cueca. Cofre da patota e de uso pessoal utilizado no transporte clandestino de moeda estrangeira adquirida criminosamente.



D
democracia: 1. Mentirocracia pregado pelos "cumpenhêros". (Ver mentirocracia)

democratização da mídia. 1. Erradicação sumária da imprensa independente. 2. Entrega do controle dos meios de comunicação a jornalistas "cumpenhêros", estatizados ou arrendados. (Ver tbm controle social da mídia e marco civil para internet).

Dilma. 1. antiga expressão que antecedia: "De um figa", promovida a faxineira da ética pra debaixo do tapete. Hoje mico amestrado fiel de uma seita que agora jura que teve de ajudar o pastor de corruptos na reconstrução do país que herdaram "em petição de miséria" esse portador de uma doença invisível chamada "herança maldita". 

dilmón. 1. partícula do neurônio solitário avanço quântico do mestre Lulla. 2. Obra do famoso escritor Horroris Causa, Lula da Silva.

direita. Categoria em que devem ser enquadrados, na marra, todos os partidos e indivíduos que não obedecem às ordens do Cheffe Lulla, ou seja, não existe no Brasil. (Exs: O PSOL é de direita; PSTU é de direita; Hélio Bicudo é de direita; PSDB é de direita, Luiza Erundina é de direita, Heloísa Helena é de direita, Frei Beto e Sandra Starling são de direita duvidas (clique aqui)
ditador. Tirano somente quando a serviço do imperialismo estadunidense. (Ver líder)
ditadura do proletariado. Forma de democracia tão avançada que dispensa o povo de votar ou dar palpites porque os "cumpenhêro" dirigentes  já sabem tudo o que o povo quer, mesmo sem eles irem para a escola, e se forem, a escola como tudo é um lixo, e portanto o povo que se dane.


doutor honoris causa. 1.Diploma conferido a ex-presidentes que nunca leram um livro, não sabem escrever, não sabem falar, não-sabe-de-nada e acham que “honoris” é um Honório amigo do humorista Muçum ou com erro de revisão. 2. Medo do clone do Muçum.
E
elite golpista. Balaio de gatos socioeconômico definido pelos muitos gênios da esquerda que junta todos os bilionários, os ricos, os integrantes da classe média velha ou nova inventada, os pobres e os miseráveis que não votam no PT.

ENEM. Sigla para explicar que Eu Não Estudo Mais e ENEM se consegue passar uma prova. (clique aqui tem ENEM)

erro. 1. Crime cometido por "cumpenhêro" e simpatizantes com pedido de desculpa a nação. 2. Caso comprovado de corrupção envolvendo ministros ou altos funcionários do segundo escalão ou de empresas estatais e posteriormente desmentido pelo mágico que inaugurou o Brasil. (no Dilmês castiço: malfeitos)

esgotosfera. 1. blogueiros progressistas todos mantidos com dinheiro público. 2. Dizem "o outro lado" ocultado deliberadamente pelos jornalões e revistas semanais livres e independentes que tem vendagem. 3. a mentira patrocinada pelas estatais que ajuda a manter fora da cadeia a bandidagem de estimação. (Ver blogueiro progressista e PIG).
espetacularização do nada. Expressão decorada, com muito esforço, pela Primeira "cumpenhêro" Nula III - neurônio solitário, para ensinar que o que parece concretamente um tremendo escândalo é só uma distorção visual decorrente de um tipo de miopia causado por efeitos especiais produzidos pelo partido da imprensa golpista. (Ver PIG)

esquerda. 1. Categoria que abrange todos os que apoiam Lula. 2. Conglomerado que junta em torno do mesmo Cheffe militantes do PT, antigos servidores da ditadura militar, coronéis de grotão, senhores feudais, capitalistas selvagens, socialistas que só pensam em dinheiro, órfãos do Muro de Berlim, demitidos da antiga União Soviética e a Bruna Surfistinha. (Exs: José Dirceu é de esquerdaJosé Sarney é de esquerda, Collor, atual caçador de repórter, é de esquerda desde nascença e irmão gêmeo do Lullarápio ).

esquerdopata. Indivíduo radical em política partidária de esquerda/direita, que de forma insana louva um sistema genocida e que prega o ódio entre pessoas e tudo mais, negando sua história e fracasso continuo!!!

.


F
factoide. Fato relevante que, para não deixar o PT ainda pior no retrato, deve ser exibido em tamanho 3 por 4 e em matizes de rosa.

faxina ética. 1. Limpeza simulada para aumentar a sujeira.  2. Truque concebido para convencer o eleitorado de que Dilma Rousseff não conheceu nem de vista gatunos com os quais conviveu durante oito anos. 3. Serviço executado por faxineiras que não conseguem viver sem lixo por perto. 4. Truque adotado por quem contrata e demite os pegos, e denunciados pelo PIG, nesta faxina ética.
faxineira. 1.Fantasia usada por Dilma Rousseff para fingir que varreu o lixo empurrado para baixo do tapete ou guardados nos bolsos, malas e cuecas do "avental" (tbm fantasia que derrubou DSK da frança).
Fernando Henrique Cardoso. 1. Ex-presidente que, embora tivesse ampla maioria no Congresso, fez questão de aprovar a emenda da reeleição com a compra de três votos no Acre só para provocar o PT. 2. Governante que, depois de oito anos no poder, só conseguiu inaugurar a herança maldita do posterior "Brasil Maravilha".

Fenômeno. 1. Filho de Lulla - O Filho do Barril. 2. Engana-me que eu gosto. 3. Coincidência , capacidade, sorte. 4. Empregado de zoológico que limpava coco de macacos por R$ 958,00 reais para atual treinador de jumentos e micos de circo. 5. Talento para milionário instantâneo mais bem sucedido do planeta.
FHC. 1. Grande Satã; demônio; capeta; anticristo; satanás; diabo. 2. Assombração que vive aceitando debater com Lula só para impedir que o maior governante de todos os tempos se dedique a ganhar o Nobel da Paz (Quem já ganhou esse grande prêmio  Yasser Arafat e o O(b)sama). 3. Sigla que, colocada nas imediações do "Cumpenhêro" Super Lulla, provoca no herói brasileiro efeitos semelhantes aos observados no Super-Homem perto da kriptonita verde.

financiamento de campanha. Expressão usada por integrantes da quadrilha chefiada por José Dirceu e por testemunhas de defesa em depoimentos na CPI, na polícia ou na Justiça sobre o escândalo do mensalão.


forças progressistas. Expressões da novilíngua lulista que abrangem os pelegos da União Nacional dos Estudantes Amestrados, os vigaristas das centrais sindicais, os blogueiros estatizados e outras aberrações que só esbanjam competência no assalto aos cofres públicos. (Ver UNEA e movimentos populares)
Foro de São Paulo. 1. Feira internacional que agrupa remanescentes de espécies ideológicas extintas na Europa e invasoras, em expansão, na América Latina e resto do mundo. 2. Quermesse destinada a arrecadar fundos para a Irmandade dos Órfãos do Muro de Berlim e quadrilhas organizadas de extintas ditaduras procuradas pela polícia internacional.3. clubinho exclusivo, reunindo o crème-de-la-crème do apoio ao totalitarismo terrorista-armado na América Latina : FARC, PT, PDT, PCC, CV, etc…

G
governabilidade. 1Graça concedida a governantes que são justos na divisão dos lucros ilegais. 2. Palavrão que justifica todas as barganhas bandidas entre o Planalto e a base alugada pilantra.

Golpe (de estado). 1. Ato pelo qual um companheiro corrupto é posto para fora do poder pelo Congresso de acordo com o devido processo legal. 2. Denúncia da imprensa sobre casos de corrupção de aliados e companheiros de partido. 3. Ato praticado pela elite golpista (Ver também pagadores de impostos) quando esta se une para protestar contra casos de corrupção em governo do partido e de aliados.

general da banda podre. Qualquer guerrilheiro de festim que convocam a exibir seu poder de fogo com um desfile paramilitar na Avenida Paulista, aberto pelo revolucionário de festim Zé e engrossado por todos os integrantes do exército fora-da-lei. Seria a primeira Marcha pela Impunidade dos Bandidos desde o Dia da Criação.

greve: 1. Forma de luta a serviço dos oprimidos (quando essa paralisação prejudica  governos contrários ao PT). 2. Forma de chantagem a serviço dos opressores do povo (quando a paralisação prejudica governos controlados pelo PT. Ver tbm. crime comum)
grupo insurgente. Qualquer organização terrorista de narcoguerrilheiros, assaltantes e assemelhadas, que se diz se oponente ao imperialismo ianque. (Ex: As Farc são um grupo insurgente)
H
herança maldita. 1.Conjunto de mudanças benéficas ocorridas durante o governo FHC que incluem o Plano Real, a estabilização da moeda, a privatização de estatais em frangalhos, a modernização da telefonia, a Lei de Responsabilidade Fiscal, a consolidação da democracia e a fixação das diretrizes da política econômica que Lulla manteve.  2. Todas as ações inteligentes e benéficas que Lulla e sua patota tinha sido contra na época de sua implantação.

Hugo Chavez. 1. "Cumpenhêro"que quer ficar com a America Latina. 2. Duble de palhaço e presidente. 3. "Cumpenhêro" que não cabe nas cuecas.


 
LULLA, É TUDO MEU!!!

I
imprensa popular: 1. Ajuntamento de meios de comunicação patrocinados por recursos ilícitos vindo de estatais, empresas beneficiadas por obras públicas e crimes comuns, que publicam textos escritos por quem presta vassalagem ao governo e ao PT por sujeição, idiotia ou dinheiro.

inclusão social. Transferência metafisica de pobres para a classe-média sem aumento salarial.
inundação. Desastre natural provocado por chuvas fortes que, embora se repitam em todos os verões desde o século passado destruindo casas, ruas e estradas mal projetadas, continuam surpreendendo o governo que as deixam serem construídas irregularmente.

IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada). 1. Fábrica de brasileiros da nova classe média.  2. Clube de alquimistas especializados na transformação de pobre em ex-pobre sem aumento de salário ou aumento de riquezas do Brasil - produção.
J
José de Abreu. 1. hiperchona. 2. segura países baixos do Zé Dirceu. 3. papagaio de pirata. (Ver Zé, polisexual e tbm edição especial clique aqui).

justiça social. Expressão que, repetida cinco vezes por dia durante dois anos, induz um catador de lixo a acreditar que a única diferença que o separa de um banqueiro é que um deles pode dá gorjeta gorda e o outro recebe (Exemplo de banqueiros: Protógenes, Carlinho Cachoeira. Mário Couto).



L
líder. Ditador inimigo do imperialismo estadunidense. (Ver ditador).

livro didático do MEC. Inovação educacional radical feita por quem não aprende, que ensina a recitar sem constrangimentos frases como “nós pega os peixe” ou jurar sem hesitação que 10 menos 7 é igual a 4.

Lula. 1. Ex-molusco invertebrado, ex-tudo e eterno absoluto que elevou os "da Silva" ao primeiro mundo e a Doutores Universais. 2. Agressor das leis, dos estudos, da inteligencia, da gramática e assassino dos plurais em seu sentido lato. 3. Deus da corrupção: Tudo que os companheiros tocaram ou se aproximam, sumiu, desapareceu e nem ele nem ninguém viu ou sabe-de-nada.
M
malfeito. 1. crime praticado por bandidos de estimação do governo federal ou do PT e apaniguados. 2. Mensagem subliminar, admoestação, bronca. (Ex. Se esperte, companheiro, da próxima vez, faça bem feito)

MEC. 1. Local de “pescar os peixe” no seco.



maracutaia. 1. Expressão popularizada por Lulla no século passado na discurseira que denunciava o que todos os outros partidos faziam. 2. 300 picaretas. 3. Expressão abolida por Lulla desde que o PT passou a ensinar maracutaia mais, melhor e mais rápido que todos os outros partidos. 3. Mucataia é um bom negócio do qual só participa revolucionários ou assemelhados - os otários estão fora.


marco civil para internet. 1. Novíssimo nome a censura à imprensa que trocou mais uma vez de codinome. 2. Antigo controle social da mídia. 


marco regulatório. 1. Conjunto de normas, leis e diretrizes que, se não fossem atropeladas pelo governo de meia em meia hora, garantiriam o bom funcionamento de setores nos quais agentes privados prestam bons serviços de utilidade pública. 2. Balaio de leis que não pegaram.

Menas. 1. Menas na mitologia metalúrgica era a irmã de Menos e que foi subtraída da história, mas voltou urgida pelo messias do não-sabia-de-nada.

Mensalão. 1. Maior escândalo "nuncaantesnestepaíz" e da Via Láctea, e que não existiu, entre todos os outros ocorridos no Brasil desde o descobrimento. 2. Invenção das "Zélites" e da mídia golpista que depositaram milhões de reais nas contas de deputados da base alugada, de dirigentes do partido e cuecas companheiras (contra a vontade destes), somente com o intuito de sujar o nome do partido mais ético que já existiu na história do mundo. 3. Grupo mais piedoso que Cristo encarnado para ajudar na evolução dos capitalistas selvagens ainda hostis ao bando. 4. Antigos bandidos bomba hoje bandidos bons.  A grande maioria dos que tem se manifestam no Brasil defendem o crime (clique)

mentirocracia. Antiga meritocracia.

mercadante. Gente que revoga até o que considera irrevogável.
meu querido/minha querida. Expressões usadas por Dilma Rousseff quando está conversando em público com jornalistas ou ministros e não pode soltar o palavrão entalado na garganta.
mídia golpista: 1. Imprensa independente, democrática e honesta. 2. A “mídia” é como os lulopetistas chamam a imprensa independente, pensando que a estão injuriando. Não estão. Não sabem o que falam; Pai, não perdoai a ignorância pandêmica no lulopetismo. A imprensa é um segmento da “mídia”, que é plural de “medium”, meio. O meio supradito não é a metade de um e nem é o meio ambiente.

militância. 1. Rebanho formado por ovelhas tão obedientes que, se o Grande Pastor ordenar, tentará atravessar o despenhadeiro sem ponte, novamente. 2. Pessoas abnegadas que aceitam cargos de confianças, jetons, gratificações, propinas, mesadas, e todo tipo de pagamento com dinheiro público em nome do bem do país e, claro, de suas contas bancárias. 3. "Trabalhadores" que preferem ver o diabo na sua frente do que um expediente de 8 horas de verdadeiro trabalho.


"Amuleto da Vida Eterna"
ministério. 1. Equipe formada por 38 Nullidades sob o comando de um neurônio solitários. 2. Prova definitiva de que o Brasil pode e deve funcionar sem o governo - na costa do cidadão produtivo, e não só o Brasil. 3. Aparelho de som portátil da casa do Cheffe Lulla.
moralismo udenistaDoença que induz o portador a acreditar que todos são iguais perante a lei, que corrupção é crime e que lugar de ladrão é na cadeia.

movimentos populares. Expressões da novilíngua lulista que indica todos aqueles que almejam fazer parte da quadrilha i do crime organizado. (Ver forças progressistas)
MST. 1. Entidade financiada pelo governo para fazer a reforma agrária e levar à falência a agricultura. 2. Movimento formado por lavradores que não têm terra e, por isso mesmo, não sabem plantar nem colher. 3. Pequeno especulador imobiliário.
N
né?. Corruptela de “não é?” usada pela Primeira "Cumpenhêra" para permitir que o neurônio solitário repouse alguns segundos depois de uma frase sem pé nem cabeça e antes de outra que não tem começo, meio ou fim.

neoliberalismo. Doutrina pessoalmente concebida pelo demônio para disfarçar de novidade o capitalismo selvagem do século 19 para continuar não tendo "liberdade" onde nunca teve.






















no que se refere. Expressão usada pela Primeira "Cumpenhêra" para avisar que lá vem besteira sem referência.
nuncaantesnestepaíz. 1. Expressão decorada pelo Primeiro "Cumpenhêro" para ensinar ao rebanho que o Brasil foi inaugurado em 1° de janeiro de 2003 e que foi ele quem fez tudo depois do verbo, menas Fernando Henrique Cardoso.
O
Olimpíada de 2016. 1. Versão em escala cósmica dos Jogos Pan-Americanos mais bandalhos da história. 2. Competição esportiva que começa com a conquista da medalha de ouro pela equipe que representa o Brasil na modalidade assaltos orçamentais com assassinatos em escala industrial - sem punição. 3. Negociata do século. 

ONG. 1. Organização não-governamental sustentada por negociatas governamentais. 2. Também atende por PCdoB ou Meu Deus, ONG esse país vai parar???...3. 
ONG - Olho Na Grana.

ou seja. Expressão usada pelo Primeiro "Cumpenhêro" para avisar que, como também não entendeu o que acabou de dizer, vai recitar o mesmo mistério com outras palavras erradas e em outras ciências.

oposição. 1. bando de covardes em ferias continuas que fingem que não tem "medo" de Lulla e seus postes. Ex: Aécio Neves. Ver base alugada). 2. Celso Daniel único Petista metido a sério, só porque não abriu o cofre da prefeitura para campanha do Lulla mataram o pateta.

orçamento. 1. Montanha de reais extorquidos dos pagadores de impostos que financia as farras em Brasília. 2. Bolo de dinheiro dividido em fatias desiguais que o governo reparte entre os partidos da base alugada para garantir a governabilidade. (Ver governabilidade)
P
PAC. 1. Maior concentração de canteiros de obras abandonados do planeta. 2. Sigla inspirada, no bandido, que se diz terrorista Cesare Battisti - Proletariados Armados pelo Comunismo. 3. Programa de Ajuda aos "cumpenhêro". 3. Acordo de gang J&F e Delta que não é nada "Hillary" é de chorar. 4. PAC também conhecido como o filho da mãe Ou: Empreiteiros premiados com obras públicas que têm sua mãe na zona do Governo. 5. 2ª mãe Nulla mais poderosa do mundo pelo ranking da revista Forbes. 5. Prata da Casa da Mãe Joana. 6. Coração dos filhos carentes de contratos superfaturados distribuídos pelo maior balaio de obras imaginárias, atrasadas ou natimortas do planeta. 7. Bras. Gir. Fernando Cavendish, vigarista com sobrenome de pirata.




pagadores de impostos. 1. Todo aquele que estuda, aprende e produz algo de útil para a humanidade. 2. Todo aquele que não está no governo ou vive dele ou de tramoia.

país. 1. local imaginário, artigo indefinido. (Ver nuncaantesnestepaíz).

palestrante. 1. Disfarce adotado por Lulla para ganhar 200 mil dólares dos verdadeiros empresários capitalistas selvagens, amigos da patota ou mesmo corruptos ralés para dizer, em no máximo 50 minutos, o que passou oito anos dizendo de graça a cada meia hora de porre. 2. Marilena Chaui também edita livros para o MEC - meu Deus! (aqui)

polissexual. 1. antigo pansexual Zé de Abreu (Ver aqui). 2. freguês de vários casos poli-ciais. 3. ser o maior fresco "nuncadantesvistonestepaíz". 4. o que dá para três ou muito mais ao mesmo tempo. 5. Vamp-eta da porra. Toma cabeçada no céu da boca e bolada no queixo. 6. nova maneira que os enrustidos e "armaristas" usam para se defender. 7. velha comunista mona caduca que depois que envelhece pega tudo que vier. 8. queimar a rosca em várias cores do arco-íris. 8. super baitola. 9. tudo farinha dos mesmos sacos. 10. come gritando pro povo. 11. pega cabrita, porca, galinha, objetos, bonecas infláveis e etc e... as vezes... humanos e tantos outros gêneros de buraqueira e no final de tudo dar o "toba" - viadão!!!!!!!!!!!!!!! 12. gaúcho tri-legal bahhh tchêê!!! 13. dar ré no kibe-louca. 13. bicha que quer poli-aplausos. 14. ignorante do sábio Homer Simpson: "Nunca abra a boca pra falar nada a menos que tenha certeza que todos pensam o mesmo" 14. pelanca poli-lipo  Zilka Salaberry ou Dona Benta. 15. diferença entre um homossexual normal e um homossexual "militonto", o normal faz como Rick Martin, se assume, fala uma vez só no assunto e não fica criticando quem é contra. Já um "militonto" Kit-bicha véia se assume depois de 68 anos, querendo palanque e ai de quem criticar. 16. nova boneca Barbie Poli-lesa. 17. poli-molusco sumido. 18. poli-lessie. 19. tudo culpa da Globo golpista para os Rede Bobo. 20. ator-mentado. 21. bicha bravinha que dá, come, chupa, deixa-se chupar, se masturba, masturba o parceiro(a) e por ai vai. 22. ricardona coitadinha. 23. único animal petista poli. 24. "não infloi, nem contriboi". 25. roçar briocho no saco do capeta. 26. quem ou aquele que dá o botão para os jumentos negões esquedistas. 27. futuro "muderno" de multiplo sexual. 28. borracha de satanás. 29. igreja do super-homem que voa para trás. 30. muchiba véia que só as bactérias, mofos e larvas que vão comer o engilhado.31. biba tagarela. 32. vontade de desfilar na rampa do Planalto. 33. velhinho pagando lombo 34. antigo velho ridículo 68 que não funciona no 69 e, que não funciona mais na frente e correu para trás  34. brocha velho que quer continuar "evoluído" vendendo, alugando e dando o forévis. 35. pelo jeito e pela cara, esse c*... já levou polivara! 36. holofote para dá no claro. 37. cabelo de rabo de cachorro molhado. 38. vovô que dá o c*... e devia ser internado, num polihospicil!!!. 39. fim de feira. 40. Fome Zero para comer essa mócreia que parece que foi atropelado por uma carreta e deu perda total. 40. ta no bico do corvo morrendo e vai apresentar programa de criança. 41. ser gay era crime, depois passou a ser tolerável, vou embora antes que seja poli-obrigatório. 42. poli-padre que educou o coroinha apóstolo do Lularápio atrás da igreja. 43. no futuro heteros-poli que serão normais. 44. poli-petistas que na oposição, eram os mais honestos dos políticos. No governo, são os mais desonestos dos políticos e ensinam crianças no Kit-gay. 45. sujeito que gosta de usar sua área de esgoto como se fosse de lazer, não quer cabelo e come couro. 46. mané da bunda enrugada. 47. nome dos atores poli do início dos tempos: Adão e Ivo. 48. véio que não sabe do que gosta e tem péssimos gostos, gosta de sentar na linguiça... e do PT. 49. Zeca Diabo (gir.). 50. atriz afetada poli. 51. polimineirinho, come e dá quieto. 52. polisarna pra se coçar e achou e, vai dá muita, mas muita coceira, se não virar chaga. 53. acordalhar um porongo na miota. 54. por trás petista rosa. 55. véia que solta a tinta e senta na bengala. 56. vem poli-completo de fábrica. 57. José de Abreu Triola!!! Gay + Baitola + Boiola = TRIOLA. (Ver Zé e José de Abreu).


PIG: 1. Partido da Imprensa Golpista, segundo os blogueiros estatizados, todos os independentes sérios e pessoas honestas estão agrupados no Partido da Imprensa Governista (PIG). 2. mídia servil ao poder imperial dos meios de comunicação. (Ver blogueiro progressista e esgotosfera).



passaporte diplomático: Documento usado por filhos, netos e agregados do ex-presidente Lulla para furar a fila da alfândega e entrar em outros países sem mostrar o que levam e trazem na bagagem.



pedra fundamental: Obra do PAC que não será construída, mas já foi inaugurada.



PT: 1. Seita que tem uma estrela vermelha como símbolo e Lulla como único Deus. Estrela essa que em nós, seres livres, é em nossa testa e nos possuídos por ela é no ânus: Quando vão ao banheiro suja sempre. 2. Grupo organizado com objetivo de acharem culpados: Primeiro foi Deus que fez todos desiguais, depois foi Portugal, depois foi a mistura de raças, depois foi o clima, depois foi as "Zélites" sujas, depois "todos os EUAs", depois a herança maldita, depois o PIG, depois a imprensa reacionária, depois o Supremo Tribunal Federal "Complexado" Barbosa e mais quem vier com preferencia à destruição do Estado de Israel, para justificar o financiamento das maldades que nos aguardam, com a implantação de uma Estado Islâmico.



petista: 1. Devoto de Lulla. 2. Indivíduo convencido de que foi Lula quem criou o Brasil Maravilha. 3. Que o aquele que é inútil. 4. Jumento em figura de cão macaco. (Ver petralha)





.



Petrobrás. 1. Estatal fundada para cuidar dos interesses do Brasil na OPEP depois da Descoberta do Petróleo, uma das mais notáveis façanhas da era Lulla. 2. Empresa que, quanto mais produz, mais dinheiro perde. 3. Buraco negro. 4. Empresa de muitos amigos nacionais: Colloridos. E, internacionais: Evo Morales e C&A. 3. Empresa que dizia que o petróleo era nosso. 4. Bras. Gir. Mesmo que petróleo, termo usado em negociatas - Cade o petróleo?. 5. Bras. Gir. "Não vale o que enterra". 6. Privatização entre kamaradas.  7. mesmo que a Eletrobras - falida.


PeTralha. 1. Pessoa que, sem nenhum escrúpulo, não vacila em cometer todo e qualquer ato marginal à lei, como usurpar, extorquir, ameaçar, chantagear, corromper, ou que defende com ardor ladrões, corruptos, usurpadores, mentirosos, extorsionários, chantagistas, etc e, que, porém, posam de gente honesta e defensores intransigentes da ética…” De Luiz Inácio a Gilberto Carvalho, de Marta Suplicy a Jilmar Tatto, de Rui Falcão a André Vargas, de José Dirceu a Delúbio Soares, enfim, todos, sem exceção, se encaixam na descrição acima. (Ver petista)


política externa independente. 1. Conjunto de diretrizes concebidas para garantir que o Brasil esteja sempre contra os Estados Unidos e a favor do Irã, de Cuba, da Coreia do Norte e da Chavezuela. 2. Escola diplomática onde se aprende a, diante de uma encruzilhada fácil, escolher invariavelmente o caminho mais errado e desonesto.



Prrredo II. Dom Pedro II segundo Lulla. (Ver Transposição do São Francisco)
pré-sal. Presente que Lulla ganhou diretamente de Deus por Elle ter dispensado o Pai Todo Poderoso de continuar cuidando do Brasil.  Obs: Presente este que sempre esteve lá desde que os dinossauros sumiram da Terra.

presidenta. 1. Forma de tratamento forçado usada por candidatos a Sabujo do Ano ou "cumpenhêros"  com medo daquele pito que fez José Sérgio Gabrielli cair na choradeira. 2. Outro crime do "cumpenhêro" GuguDadáHaddad  contra a linguá e educação brasileira. 3. Muito conhecida tbm como neurônio solitário. 
       
presunção de inocência. 1.Figura jurídica usada no Brasil Maravilha para ensinar que todo Lullista culpado é de fato inocente. 2Bras. Gir. José Sarney e o resto da tropa. 3.Bras. Gir. Madre superiora. 
privatização.  1. Entrega errada de controle à iniciativa privada de empresas, atividades ou setores administrados até então por governos inimigos do PT. 2. Entrega essa que não foi desfeita, nenhuma, da Era Lulla. 3. Modelo de crime organizado que estaria certo se copiado da Rússia Mafiosa. 4. Delirium "Privataria Tucana". (Ver concessão e aeroporto)
R
recursos não-contabilizados. 1. Caixa dois. 2. Todo dinheiro extorquido sem recibo de donos de empresas que enriquecem com a ajuda do governo, empreiteiros de obras públicas ou publicitários presenteados com contratos sem licitação. 2. Dinheiro ilícito da Era Lulla, que passaram a ser lícito - lavagem.

reforma ministerial.  1. Substituição de ministros pilhados em flagrante pela imprensa séria e independente. 2. Substituição de ministros obrigados a deixar o cargo para disputar a próxima eleição. 3. Troca de seis por meia dúzia. 4. Troca do sujo pelo mal lavado.
Regime Diferenciado de Contratação (RDC). Malandragem que dispensa de licitações e limitação de gastos de todos os contratos envolvendo obras ou serviços supostamente vinculados à Copa da Roubalheira e à Olimpíada da Ladroagem.
revisão de contrato. Reajuste de sobrepreços e propinas.

Rose. 1. amiga de cama e mesa. 2. Nome de dois filmes famosos: O Bêbe de Rosemary e o Nome da Rose. (Ver assunto particular).
S
saber. 1. saber é não saber. 2. tanto faz. 3. muito usado aleatoriamente e na expressão não-sei-de-nada-Lula-da-silva. 3. Como já dizia o jogador Sócrates do Curingão: Só sei que nada sei.

segundo escalão: 1. Cabide de empregos que o governo usa para estimular, saciar ou diminuir a fome e a sede do PMDB. 2. Método de socialização de salários para "cumpenhêros".

sindicalista. "Cumpenhêro" que abandonou o emprego regular no século passado para exercer o lucrativo ofício de pelego.
sindicância interna. Investigação feita por "cumpenhêros" especializados em absolver por falta de provas e ensinada à Suprema Justiça do BRASIL DE TOL(D)OS.
Sírio-Libanês. 1. Hospital a que recorrem Altos "Cumpenhêro", terrorista ou não, com problemas de saúde para que o SUS, que está perto da perfeição, tenha mais vagas para os miseráveis, os pobres e a nova classe média inventada pelo IPEA. 2. Hospital que abriga companheiros médicos com problema com a lei (aqui). (Ver SUS)
SUS. 1.Filial em tamanho gigante do Sírio-Libanês reservada a quem não tem dinheiro para internar-se na matriz. 2. Sistema copiado pelo Ob(s)ama - o Santo Antonio dos Gays. (Ver Sírio-Libanês)
T
Tá tudo dominado. Impunidade e maucaratismo é isso. Frase proferida por Fernandinho Beira-Mar no início do governo PT. Falou com propriedade.

taxa de sucesso. Propina embolsada por filhos, parentes e agregados de Erenice Guerra que usavam a influência da cheffe da quadrilha e da Casa Covil para permitir que algum "empresário" malandro continuasse a fechar contratos com o governo sem ter cumprido o combinado em contratos anteriores. Ex: Israel Guerra subiu na vida não porque é gatuno, mas por ser guerreiro e colecionar taxas de sucesso. (Veja tbm: consultor, corrupção, tráfico de influência, superfaturamento, caixa 2 e 3).

traído. 1. antigo sentimento que levava a assassinato  2. hoje paixão gay pelos traidores muito usado para distrair a atenção dos otários seguidores. 3. exemplo: Lula foi traído por Luiz Inácio Lula da Silva.
.

Erenice Guerra e Heloísa Ramos também foram separadas ao nascer
.
Transposição do São Francisco. Tapeação multibilionária inventada pelo eterno ex-presidente Lulla para ser promovido a Dom Pedro III. (Ver Prrredo II)
trem-bala. Trem fantasma que partiu da cabeça iluminada de Lulla e estacionou na cabeça de Dilma Rousseff, onde vai atravessar o século na companhia do neurônio solitário.
U
União Nacional dos Estudantes (UNE). 1. Entidade que representou os universitários brasileiros até ser estatizada em 2003 e transformar-se na  União Nacional dos Estudantes Amestrados  (UNEA), premiada pela vassalagem ao governo com uma sede nova projetada por Oscar Niemeyer. 2. Balcão de compra e venda de carteirinhas que garantem meia-entrada. 3. Curso de doutorado em maracutaias reservado a futuros ministros do Esporte. 4. Clube recreativo dirigido por estudantes que demoram 15 anos para concluir um curso que dura cinco - sem ensinar nada.  (Ver UNEA).

UNEA. União Nacional dos Estudantes Amestrados.

USP. Antiga Universidade, hoje hospício.
.

.
V
veja bem. Expressão usada pelo Primeiro "Cumpenhêro" para avisar que vai descrever paisagem dobrada do Brasil Maravilha que só ele enxerga no estágio 51.

Z
Zé. 1. antigo Zé Dirceu atual os Zés 2. Polisexual (Ver José de Abreu).

Zélite. 1. Antiga nomenclatura que “cumpenhêros” usavam na hora da churrascada assim como supremacia. 2. Atual turma que enriqueceu roubando das “vitimas sociais” e “exprricanado” rindo que a supremacia era a picanha importada da argentina.

2 comentários:

  1. Amigos da página, conto com vocês em uma divulgação maciça.

    AMIGOS PATRIOTAS, POR FAVOR, ASSINEM E DIVULGUEM!
    TEMOS QUE ACABAR COM ISSO!!!
    VAMOS APOIAR O SUPREMO-STF!!!
    Uma manifestação fresquinha! Cidadãos! Ajudem a divulgar! Nossa meta é 20 milhões de assinaturas.
    Abraço a todos e parabéns!
    BRASIL FORA DO CRIME!!!
    http://www.peticaopublica.com.br/?pi=mensalao

    ResponderExcluir
  2. Pena, mas o Zé Burrão vai votar de novo em este ano 2014 com os Bandidos Mensaleiros do PT!!! Militares no Poder!!!!

    ResponderExcluir